Notícias

10 dicas para uma boa locução

Um bom profissional do rádio precisa dominar algumas habilidades e praticá-las no dia-a-dia. Para fazer locução, hoje, não basta apenas uma voz grave ou que seja considerada bonita.

Desde 2010, quando iniciei minha trajetória como professor de locução na então Escola para Locutores Beth Seixas, utilizo uma metodologia de ensino que possibilita aos participantes conhecerem as principais características de suas vozes. Durante o curso, cada participante – profissional já experiente ou quem pretende iniciar na área – é conduzido a um processo de autoconhecimento. Os elementos essenciais para uma locução adequada são compartilhados de forma descontraída, bem humorada e acima de tudo com muito carinho a cada pessoa que deseja fazer da locução uma profissão de sucesso.

As 10 dicas para uma boa locução

1. Respire de forma adequada. O que produz a voz é o ar, portanto, sem ele não conseguirá levar a sua voz muito longe.
2. Articule. Abra a boca quando estiver se comunicando com os ouvintes. Boca fechada não produz palavras nem sons adequados.
3. Pronuncie corretamente as palavras. Também conhecido como dicção, este é um dos elementos básicos da nossa comunicação. Qual a dificuldade em falar as palavras de forma correta? Feira não é fêra; maneiro não é manêro; travesseiro não é travissêro; falando não é falanu; jogar não é jogá; e tantos outros exemplos que poderiam ser citados.
4. Fale pausadamente. Uma fala acelerada certamente vai contribuir para uma dicção inadequada. O ideal é construir uma comunicação fluída, leve, sem pressa.
5. Destaque as palavras mais importantes da frase. Isso se chama entonação. A dica é dar força a palavras como muito, mais, parabéns, ganhou, bem-vindo, incrível, super, imperdível, etc. Se for uma notícia, por exemplo, a opção de destacar números no texto é ideal.
6. Fale com naturalidade. Evite aquela locução em que o comunicador faz de tudo para parecer que é um locutor, empostando a voz. Crie um ambiente em que o ouvinte se sinta em um bate-papo com você.
7. Interprete, represente, seja um personagem. Ao final dos meus treinamentos, palestras ou eventos que participo, sempre encorajo os participantes a procurarem uma
8. Leia. Leitura aumenta o seu capital cultural. Não basta apenas falar. Tem que saber o que está falando.
9. Não grite. Fazer uma locução “pra cima” não é aumentar o volume da sua voz. Isso inclusive pode prejudicar suas pregas vocais com o passar dos anos. Uma voz forte se faz com controle de respiração pelo diafragma.
10. Sorria. Todos nós preferimos a companhia de pessoas alegres, que transmitem energia positiva. Quem está do outro lado do rádio também quer ouvir um locutor com sorriso na voz.

Pratique, estude, pesquise. Faça acompanhamento com um fonoaudiólogo e cuide da sua voz.

Seja um comunicador carismático.

Artigo de Leandro Henrique Cardoso – jornalista | especialista em comunicação | assessor de imprensa.  linkedIn: Leo Cardoso | Instagram: Leohcard

Fonte: AERP