Notícias

Rádio acompanha possíveis avanços no mercado de veículos autônomos

Um dos principais assuntos discutidos na área de rádio em todo o planeta é a possível chegada dos veículos autônomos, ou seja, os famosos carros sem motoristas e pilotos. Na semana passada o portal brasileiro NeoFeed fez uma reportagem sobre o aumento de viagens em veículos autônomos sem a presença de um motorista de segurança. A última previsão sobre a chegada desses veículos não era otimista, sendo uma realidade ainda mais distante do que se previa. Acompanhe:

Os dois principais pontos que estão travando a chegada desses veículos ao mercado são a segurança e os custos para montadoras e empresas de tecnologia. Porém, segundo o NeoFeed, em agosto deste ano, a Waymo (empresa do grupo Alphabet, proprietária do Google) começou a operar seus primeiros quilômetros sem supervisão presencial, serviço que em poucos dias se estendeu a uma centena de usuários selecionados, que concordaram em não compartilhar com terceiros informações sobre a experiência.

Esse indicativo de não contar com um motorista de segurança é um ponto positivo para um dos principais entraves para o avanço dos carros autônomos, que é a segurança dos ocupantes do veículo e dos pedestres. Porém, sem entrevista ao portal NeoFeeds, John Krafcik (CEO da Waymo), não quis estimar datas ou prazos. “Não posso dizer com precisão quando isso vai acontecer, mas estou realmente confiante que chegaremos lá”, afirmou ao NeoFeeds.

A tendência atual do mercado é de que esses veículos entrem inicialmente no mercado de frete de cargas, ou em serviços específicos. E esse é um mercado de grande interesse para empresas como a Waymo, que possuí investimentos em veículos como caminhões autônomos.

Segundo reportagem repercutida pelo tudoradio.com em julho deste ano, Volkswagen e Ford planejam usar a tecnologia de veículos autônomos da Argo AI, de Pittsburgh, em serviços de compartilhamento de veículos em algumas áreas urbanas a partir de 2021.

Há um misto de previsões e sentimentos nessa área dos carros autônomos, que podem não estar tão distantes de nossa realidade, já que montadoras e startups de tecnologia estão apostando pesado nessa área. O pessimismo é a partir de previsões anteriores, onde parte do mercado imaginava a presença dos carros autônomos já em 2019, estimativas que eram compartilhadas pelas empresas do Vale do Silício e de Detroit.

 

5dbfab9b1dd56 (1)
Um dos modelos de veículos autônomos operados e testados pela Waymo / Reprodução

Na matéria repercutida pelo tudoradio.com, com base na reportagem do The New York Times em julho deste ano, o CEO da Argo, Bryan Salesky, admite que a promessa da indústria de criar carros sem motoristas que poderiam ir a qualquer lugar é “muito no futuro”.

O que isso interessa ao rádio?

Sem a necessidade de um motorista atento ao trajeto, toda forma de consumo de mídia dentro dos veículos podem ser impactada, inclusive a audiência de rádio.

A pauta foi amplamente discutida em painéis do último NAB Show, realizado em abril passado em Las Vegas. Havia um teste da Audi onde os participantes poderiam consumir qualquer tipo de conteúdo de mídia em um carro autônomo, com a intenção de se observar possíveis desconfortos devido ao veículo em movimento. Na época, essa era uma das principais questões levantadas para a mudança do padrão de consumo de mídia nesses ambientes.

Para o meio, a discussão mais próxima é relacionada aos veículos conectados, ou seja, como se preparar para ambientes onde o FM pode não ser a principal fonte de conteúdo para o motorista e passageiros. Esse ponto é amplamente discutido em congresso pelo mundo, principalmente com alertas feitos pela NAB.

A intenção do setor é de se antecipar à essas possíveis mudanças, além de fortalecer a oferta de conteúdo de áudio (rádio) nesses ambientes.

Fonte: Tudorádio