5 passos para lucrar com o aplicativo da rádio

Toda rádio tem pelo menos dois objetivos: ser a melhor possível para seus ouvintes, conseguindo atender e até superar as expectativas de seu público alvo, e ultrapassar os limites da sustentabilidade pura e simples, gerando um bom lucro que possa ser continuamente aplicado em melhorias de seu conteúdo.

Para isso, ela conta com algumas ferramentas, como profissionais qualificados e competentes, um bom software de gestão que otimize os processos internos de forma a gerar mais tempo disponível para os cuidados com a rádio em si, e os recursos provenientes de anunciantes e patrocinadores. Neste último quesito, no entanto, é possível multiplicar os canais de investimento através dos aplicativos para rádio. Veja os 5 passos para isso:

1. Contrate um bom aplicativo

Contratar um bom aplicativo é parte fundamental para conseguir lucrar com essa plataforma. Da mesma maneira que a rádio cuida do que vai ao ar, para não perder ouvintes, precisa cuidar também nos smartphones. Um aplicativo ruim faz as pessoas o desinstalarem, o que não o ajudará a colher resultados.

Sendo assim, o que é um bom aplicativo? Basicamente, um que funcione. O play precisa começar a tocar, o pause precisa parar de tocar, o link para as redes sociais precisa levar às redes sociais. O que o seu app se propuser a fazer, precisa funcionar direito. Também se atente se ele é atrativo visualmente e se é fácil usar.

2. Tenha downloads

Garantindo que o ouvinte não vá desinstalar seu app do celular, construa estratégias para obter downloads. Faça divulgações massivas no ar e coloque o link do aplicativo no site da emissora. Lembre seu ouvinte que se ele está em um lugar em que não tem acesso ao dial da emissora, ele pode ouvi-la pela internet, diretamente no seu smartphone.

3. Tenha recursos que gerem acessos ao app

Para poder lucrar com o aplicativo, o número mais importante é o de acessos, ou seja, quantas vezes o aplicativo foi aberto. Para isso, é necessário ter recursos adicionais que causem desejo nos ouvintes de acessar esse app com mais frequência. Se ele puder participar de promoções que ouviu no ar pelo app, o faria abri-lo para se cadastrar, certo? E se a promoção fosse exclusiva para o app? Se o ouvinte não tiver feito o download ainda, fará. Uma coisa acaba levando a outra.

Outro recurso que sempre dá resultado é a notificação por push, mensagens que chegam nos smartphones que tem o aplicativo baixado, independente de estarem abertos ou não. Claro que esse recurso deve ser usado com cautela, para não incomodar demais e gerar a desinstalação do app, mas dentro dos limites, lembre seu ouvinte que determinado programa está começando, que tem estúdio ao vivo no ar, que determinado time fez um gol, que existe promoção exclusiva no app, enfim, divirta-se e veja os resultados.

4. Tenha estatísticas

Até agora foi trabalhado várias possibilidades para trazer ouvintes e acessos, certo? Então é necessário ter o que mostrar aos anunciantes. Para isso, tenha um aplicativo que lhe forneça estatísticas de acesso, permanência, quantidade de pessoas diferentes, perfil. Vender com números é infinitamente mais fácil do que sem.

5. Venda os espaços publicitários no app

Você pode simplesmente deixar rodando os anúncios do Google, e até ganhará uma grana com isso, mas se a rádio já vende publicidade, porque se contentar com tão pouco? Para isso, é necessário que seu app tenha espaços publicitários onde você possa colocar os anunciantes. Os players do mercado apresentam várias opções com benefícios diferentes para as rádios comercializarem, veja qual é melhor para os seus clientes e não perca tempo.

Portanto, para vender anúncios no app da rádio é preciso duas coisas: conquistar a audiência também pelo smartphone e conseguir mostrar isso ao anunciante. Quer saber mais sobre como trabalhar o aplicativo da rádio? Compartilhe conosco suas dúvidas aqui nos comentários e logo responderemos com várias ideias para você!

 

Fonte: Cadena Sistemas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *