Gired e Anatel divulgam primeiros resultados dos esforços para digitalizar a TV Aberta no RJ e ES

Pesquisa IBOPE divulgada pelo Gired (Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV) mostrou que 63% dos domicílios da cidade do Rio de Janeiro (RJ) e 70% dos de Vitória (ES), incluindo os municípios próximos, já têm televisores com recepção para o sinal digital, de acordo com a população. O percentual mínimo para atingir as condições de desligamento do sinal analógico é de 90% de acesso à TV Digital Aberta, considerando uma margem de erro de três pontos percentuais para cima ou para baixo, de acordo com o determinado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. O desligamento do sinal analógico nessas regiões está previsto para 25 de outubro de 2017. Os resultados da pesquisa foram divulgados, nesta segunda-feira (28.8), em reunião do Gired realizada na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em Brasília.

No Rio de Janeiro, 91% dos domicílios não ficariam sem acesso à TV se o desligamento do sinal analógico ocorresse em 21 de agosto de 2017, 65 dias antes da data programada, e 97% manteriam o acesso à programação da TV Aberta em Vitória. Isso porque, mesmo sem ter aparelhos aptos à recepção do sinal da TV Digital da TV Aberta, muitos domicílios receberiam a programação por TV por Assinatura ou TV via satélite.

Os kits de TV Digital (conversor e controle remoto) estão sendo distribuídos gratuitamente às famílias cadastradas nos programas sociais do Governo Federal. Para receber o kit, a população deve acessar o site www.sejadigital.com.br, agendar a retirada e buscá-lo no local informado. Na região de desligamento, no Rio de Janeiro 75% dos beneficiários dos programas sociais do governo já possuem acesso ao sinal digital da TV Aberta e 64% dos do Bolsa Família, e em Vitória são 74% e 80% respectivamente.

No Rio de Janeiro, 96% dos moradores dos domicílios pesquisados ouviram falar em sinal de TV Digital, e em Vitória 97%. Com o desligamento, a programação das emissoras ficará disponível somente no formato digital, que possui mais qualidade de som e imagem. Os canais abertos que tiverem o sinal analógico desligado, deverão ainda apresentar na tela, durante 30 dias, cartela informativa para que o telespectador seja informado do fim das transmissões analógicas.

Para a pesquisa, realizada no Rio de Janeiro entre os dias 5 e 21 deste mês, foram entrevistados 1.078 moradores da capital carioca e 1.799 das cidades do entorno, que também serão afetados pelo desligamento do sinal analógico. Em Vitória, a pesquisa foi realizada entre 8 e 21 de agosto e contou com 1.078 entrevistados na capital capixaba – mesmo número da capital carioca – e no entorno foram realizadas 1.358 entrevistas. Além do Rio de Janeiro, o sinal analógico na TV Aberta será desligado em 25 de outubro de 2017 nas seguintes cidades: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá. Junto com Vitória, o sinal analógico será encerrado em Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana e Vila Velha.

Fonte: ANATEL.