MCom divulga lista de cidades que mais avançaram em telecomunicações em 2022

O Ministério das Comunicações (MCom) participou, nesta terça-feira (8), do lançamento da 7ª edição do ranking Cidades Amigas do 5G, da Conexis Brasil Digital. As cidades que se destacaram ao incentivar a implantação de infraestrutura de telecomunicações e a expansão da conectividade receberam um prêmio durante o evento. A secretária Nacional de Telecomunicações, Nathalia Lobo, representou a Pasta no evento realizado em Brasília.

As localidades mais bem colocadas foram:

Ponta Grossa (PR)
Porto Alegre (RS)
Curitiba (PR)
São José dos Campos (SP)
Uberlândia (MG)
Jacareí (SP)
São Paulo (SP)
Joinville (SC)
João Pessoa (PB) e
Chapecó (SC)

O ranking Cidades Amigas do 5G evidencia os municípios com maior eficiência em Autorização para instalação em até 60 dias; prazo de validade da licença não inferior a 10 anos; se as solicitações são feitas em um único órgão da prefeitura; processos e documentação definidas; e valores das taxas de licenciamento razoáveis e condizentes com custo do processo de licenciamento. Durante o evento, a Conexis também apresentou o portal Conecte 5G, que reúne informações sobre 5G e sobre infraestruturas de telecomunicações.

“Avançamos muito com a realização do leilão do 5G, propondo a interiorização da tecnologia, com a limpeza das faixas, entre outras ações. É fundamental que tenhamos uma legislação municipal adequada a essa necessidade de expansão da infraestrutura que o 5G exige”, explicou Nathalia Lobo. “A melhoria da qualidade das telecomunicações e do 5G no Brasil só é possível com o trabalho conjunto do Governo Federal, das empresas e dos municípios”, completou a secretária.

Atualmente, são mais de 6,6 mil antenas de 5G espalhadas por todo país para garantir conexão nas faixas de 2,3 GHz; 3,5 GHz e 26 GHz. As estações levam a tecnologia a 50 milhões de pessoas e potencializam transformações digitais. Brasília foi a primeira cidade a receber o sinal, na faixa de 3,5 GHz, em julho deste ano e já está disponível em todas as capitais, podendo atingir cerca de 50 milhões de pessoas.

No momento, o 5G avança para as 26 cidades com mais de 500 mil habitantes e regiões metropolitanas, que somam 454 municípios. Para essas localidades, já foi liberada a limpeza da faixa de 3,5 GHz (principal usada para o 5G) e iniciadas as ações para migração da recepção de TV aberta por antena parabólica, da banda C para a banda Ku. A deliberação foi tomada, em outubro, pelo Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi).

Informações do MCom

Fonte: ABRATEL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *