Ministério das Comunicações realiza leilão do 5G nesta quinta-feira (4), em Brasília

O leilão da tecnologia 5G começa nesta quinta-feira (4), quando será realizada a maior licitação da história das telecomunicações no país. A ação é importante e acende a expectativa pela criação de modelos de negócios, empregos e renda para milhões de brasileiros e impulso no PIB nacional em cerca de R$ 6,5 trilhões nos próximos 20 anos. Além disso, o 5G deverá impulsionar todo consumo de serviços digitais, passando por aí o interesse do meio rádio, que já experimenta um crescimento de sua atuação on-line.

O certame pode movimentar R$ 169 bilhões em investimentos totais nos próximos 20 anos, sendo que a maior parte desse valor será destinada a investimentos e contrapartidas, conforme especificação do edital. No dia 27 de outubro, foram recebidas 15 propostas elaboradas por operadoras de telecomunicações e provedores regionais.

“Além do salto tecnológico – que tornará realidade inovações como carros autônomos, casas inteligentes, cirurgias remotas e operação em larga escala de maquinário na indústria e no agronegócio – a licitação irá garantir condições mínimas de inclusão para 40 milhões de brasileiros que ainda vivem em um deserto digital”, antecipa o ministro das Comunicações, Fábio Faria.

Entre as contrapartidas, a licitação define metas para os investimentos na expansão da infraestrutura de fibra óptica na região Amazônica por meio de cabos subfluviais, a expansão da cobertura com sinal de internet para todas as rodovias federais e para mais de 9.600 localidades mapeadas pelo IBGE, como povoados, núcleos rurais e vilas, onde a internet móvel ainda não chegou. Também fazem parte dos compromissos que serão assumidos pelas empresas vencedoras a estruturação da rede privativa de comunicação da Administração Pública Federal e a entrega de kits de televisão para famílias de baixa renda do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

O secretário de Telecomunicações do MCom, Artur Coimbra, explica que “cada operadora interessada entregou, no dia 27 de outubro, os documentos de identificação e regularidade fiscal, as propostas de preço e as suas garantias de manutenção de proposta”. Nesta quinta-feira, de acordo com o secretário, os envelopes com as propostas serão abertos, sequencialmente, no auditório principal do Espaço Cultural da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), com transmissão em tempo real pelo canal da Agência no YouTube.

Fonte: Tudorádio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *