O NÃO nosso de cada dia – Por Kelly Costa

Dificilmente exista uma profissão que escute mais “Nãos” do que o vendedor. Quantas vezes a venda já está a um detalhe para ser concluída, o cliente está a um passo de entregar o cartão de crédito ou assinar o contrato, e a famigerada palavra surge: NÃO. Quantos gestores já se depararam com uma força de vendas desmotivada porque o negócio não decolou. Quantos profissionais de vendas deixam suas carteiras minguarem por medo do não.

Alguns pontos precisam ser revistos nesta narrativa.

Primeiro: vendedor que se desmotiva com as negativas recebidas talvez esteja na ocupação errada. Muitas vezes um não quer dizer na verdade: explique-me mais, não compreendi os benefícios da sua solução, ou ainda, não estou convencido de que isto que você oferece é para mim ou vale o preço que tem. Para fomentar negócios, cabe ao vendedor saber fazer a leitura do cliente, o que está implícito nas entrelinhas e quais são as reais motivações para o fechamento do negócio.

Acompanhe mais em Portal Making Of 

Kelly Costa é mestre em Administração e presta consultoria nas áreas de marketing e vendas há mais de 15 anos. Atualmente é gerente executiva do SERT/SC.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *