Por que a tecnologia é tão importante para as rádios?

Você já parou para pensar sobre o que torna uma rádio um grande sucesso? Anunciantes numerosos e patrocinadores poderosos? Esses dois fatores, com certeza, constituem parte importante da resposta. Os dois por si só, no entanto, não garantem uma trajetória de sucesso diante do ritmo acelerado da evolução das mídias que estamos presenciando.

Um ponto comum entre as histórias de crescimento e sucesso das rádios é, sem dúvidas, o fator de investimento em tecnologia. A boa notícia de hoje é que, além do fato de que a tecnologia própria para rádios avançou de forma espetacular nos últimos anos, ela também está muito mais barata, tornando um possível investimento muito mais atraente e com um custo-benefício muito maior.

Mas o que a tecnologia tem a ver com os lucros?

Bem, a princípio, tudo. Imagine conseguir reduzir drasticamente aqueles errinhos que as pessoas cometem simplesmente porque são pessoas mesmo. Pequenos esquecimentos que embolam a programação, processos lentos, erros de cálculo, falta de integração, fluxo de caixa mal estruturado, campanhas que não vão adiante. Agora tente calcular o desperdício de tempo – e tempo é dinheiro, ainda mais em rádio – em cada entrada errada, por exemplo. Com a tecnologia a seu favor, vários desses procedimentos que gastam tempo e empacam os trabalhos diários da rádio causando prejuízo podem ser evitados.

Interação de recursos

Automação e interação, duas palavras chave hoje para empreendedores que querem garantir seu lugar no mercado. Quanto mais integrado estiver um sistema, mais funcional ele será. Tome como exemplo os softwares de gestão voltados especialmente para as emissoras de rádio. Produzidos por gente que realmente entende do assunto, eles oferecem soluções que otimizam a eficiência do gerenciamento, fazendo com que você, gestor, tenha muito mais controle sobre tudo, de uma forma muito mais simples e fácil.

Além disso, eles também facilitam a vida de locutores e programadores, promovendo a integração entre a programação comercial e a musical, por exemplo, com as inserções sem choques. Assim, além de eliminar aqueles pequenos erros, todos ganham muito mais tempo para se dedicar ao que realmente interessa: à construção de uma rádio que atenda a expectativa do seu público alvo e à captação de novos ouvintes e anunciantes. Afinal, um não vive sem o outro e são eles que geram o seu lucro.

Aumento da produtividade

Dessa forma, o aumento da produtividade é natural – e produtividade significa lucro. Imagine, por exemplo, como a tecnologia pode ajudar a sua equipe de jornalismo: todos os artigos e matérias podem ser gerenciados com muito mais facilidade, com histórico completo que pode ser acessado a qualquer instante através de palavras-chave ou data, inclusive com total controle de todas as revisões pelo editor ou quem você delegar.

Você também consegue muito mais integração entre todos os departamentos da empresa, com controle de todo o material que entra e sai, gerenciamento financeiro automatizado com detalhamento de cada conta corrente e do fluxo de caixa, de contas a pagar e a receber. Assim você identifica os erros com muito mais rapidez e facilidade, tomando ações assertivas a tempo de consertar ou evitar qualquer estrago.

Tecnologia reduz custos, aumentando a margem de lucro

Com tudo isso, a tecnologia ajuda você a reduzir custos, acabando com desperdícios e, automaticamente, aumentando a margem de lucro. E ainda gera mais fontes de renda ao propiciar aplicativos móveis de qualidade para smartphones e tablets, fidelizando seus ouvintes e criando mais uma mídia para seus anunciantes. Ou seja, a tecnologia, da forma como é desenvolvida hoje, se paga muitas e muitas vezes em pouquíssimo tempo, ajudando você a se tornar uma grande rádio.

Quer saber mais sobre como funciona? Visite o site da Cadena e descubra estas e muitas outras soluções para emissoras. Você não vai acreditar em como conseguiu sobreviver sem essa tecnologia até hoje.

Fonte: Cadena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *