Quem é o seu cliente?

Construir uma base de clientes fidelizados é o objetivo de todo negócio, em qualquer segmento de atuação, desde antes mesmo da empresa sair do papel. Um cliente fidelizado investe seu dinheiro na empresa favorita, indica para outras pessoas e retorna para novas compras.

Com a rádio não é diferente. A emissora precisa de uma base de clientes para que seu negócio prospere. Podemos até buscar clientes para ações comerciais pontuais, que não geram receita recorrente como os contratos de serviços anuais. Mas o cenário ideal é conquistar clientes regulares, pois sabemos que o rádio entrega ainda mais resultado com recorrência e acho que posso dizer que a maioria de nós prefere um pouco de previsibilidade nas receitas. 🙂

Minha empresa, a Cadena, tem como clientes emissoras de rádio FM e AM, principalmente. Também trabalhamos com serviços (software de gerenciamento, automação e inteligência de audiência) na modalidade de receita recorrente, pois acreditamos que o relacionamento de longo prazo nos ajuda a entender melhor as demandas do mercado, melhorar produto e atendimento; e isso é bom também para o nosso cliente, afinal, se ele está satisfeito, mantém o contrato, e se não está, tem liberdade para buscar outro fornecedor. Mas, e quem são os clientes de uma rádio?

Essa resposta parece simples, certo? São empresas da cidade e região de atuação/alcance da emissora. Pequenos, médios e grandes negócios, exclusivas, franquias, que comercializam os mais diversos produtos e serviços e precisam divulgar sua marca para serem lembrados no momento de compra, que pode ser imediato ou não. Esses negócios confiam que seus clientes em potencial – os ouvintes – serão impactados pelas campanhas da rádio.

Como a rádio garante que esse impacto ocorrerá e, principalmente, junto ao máximo de pessoas possível?

É nesse contexto que entra o segundo tipo de cliente da rádio, o ouvinte. Por que o ouvinte é, também, cliente da rádio? Partindo do princípio que, para vender publicidade, é preciso ter público, então é necessário ter algo atrativo para ser a opção de escolha em conteúdo, música, entretenimento entre tantas outras disponíveis.

Para manter e trazer novos clientes-ouvintes, a rádio precisa definir bem quem é seu público alvo dentro de uma população. Quanto mais detalhes a rádio tiver sobre o perfil desse público, seus interesses, intenções de compra, hobbies, faixa etária e bairro, por exemplo, mais fácil fica definir uma programação, conteúdo e ações que aumentem a audiência e o engajamento desse público. E a rádio não precisa necessariamente atender a maioria da população local; pode escolher um nicho e se tornar a melhor referência do tipo. Certamente os clientes-anunciantes que estão interessados nesse perfil de cliente, que é FIT para o seu produto ou serviço, ficarão satisfeitos em investir na sua rádio, porque ela aumenta a probabilidade de sucesso em branding e conversão direta em vendas.

Outro ponto importante para se criar e manter produtos atrativos na rádio é estar atento às mudanças de comportamento de consumo de conteúdo. Por exemplo: hoje você assiste filmes direto no Netflix ou aluga diretamente pelos serviços de streaming como Apple TV+, Disney+, HBO MAX, na hora mais conveniente; mas há pouco mais de 10 anos você nem imaginava que não precisaria dirigir até uma locadora, durante seu horário de funcionamento, para emprestar DVDs por um período.

Nada muda de uma hora para a outra, mas as mudanças no rádio também vem acontecendo há alguns anos e é essencial acompanhá-las. Entender a jornada do ouvinte ao longo do dia e estar próximo, facilitando seu acesso à programação, ajuda a desenvolver um relacionamento de longo prazo com a audiência e comprovar os benefícios de investir na sua rádio.

Portanto, se sua emissora está buscando aumentar as vendas junto aos clientes-anunciantes, invista em aprofundar o relacionamento com seu cliente-ouvinte.

Quer conhecer estratégias para atrair e manter o cliente-ouvinte? Não perca os Encontros Regionais promovidos pelo SERT/SC em Balneário Camboriú (dia 28 de junho) e em Chapecó, (29 de Junho)!

Carolina Sasse

Carolina Sasse é Sócia e Diretora de Marketing & Vendas da Cadena, empresa parceira do SERT/SC.

cadena.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *