Quem não é visto… Já sabe, não vende – Por Kelly Costa

Nem sempre o cliente é a pessoa mais gentil do mundo ou a representação icônica da super simpática Hebe Camargo, mas o fato é que o bom vendedor não se dobra aos obstáculos. Pode parecer piegas, mas o vendedor que vende é justamente aquele que se faz presente constantemente na vida do cliente.

Quantas vezes o seu cliente comentou que quando ouviu falar de determinado produto ou serviço lembrou de você? Quantas vezes o cliente primeiro veio conversar com você sobre uma dúvida em relação à compra de uma solução para um problema? Claro que isso se aplica principalmente quando a venda não é simplesmente um processo transacional, mas o fortalecimento de um relacionamento. De qualquer forma, atender bem e com foco nas perspectivas e necessidades do potencial consumidor é fundamental para alavancar resultados e formar uma carteira de clientes que, no mínimo, tende a priorizar você como vendedor e o seu produto/serviço como solução.

Acompanhe mais em Portal Making Of

Kelly Costa é mestre em Administração e presta consultoria nas áreas de marketing e vendas há mais de 15 anos. Atualmente é gerente executiva do SERT/SC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *