TV 3.0: entenda a tecnologia que promete experiências imersivas ao telespectador

Próxima geração de aparelhos vai trazer mais qualidade de imagem, som imersivo e acesso facilitado à conectividade

ATV 3.0 vai trazer muito mais interatividade e inovação no jeito de zapear. Chamada de “TV do futuro”, a próxima geração de TVs vai trazer uma série de tecnologias vinculadas ao uso da internet para melhorar a experiência do telespectador. A imagem, por exemplo, é uma das características em que a qualidade irá saltar, já que vai passar de Full HD para 4k ou até 8k. Isso significa que a imagem terá, no mínimo, quatro vezes mais pixels, trazendo mais informações por espaço, melhorando a cor e a nitidez. O contraste também vai ser aprimorado, por meio de tecnologias de HDR (High Dynamic Range).

Com som imersivo, a tecnologia vai permitir que o telespectador tenha a sensação de estar no ambiente que está sendo assistido. Imagine que você está assistindo a um show. Já pensou na possibilidade de escolher entre ouvir apenas o microfone do cantor com a banda ou destacar o som da plateia (para sentir como se estivesse lá) ou os dois? Quem já gostava de ter o controle da TV, em breve terá, também, mais poder sobre o conteúdo. Falando nisso, os temas e propagandas também poderão ser personalizados.

Para o secretário de Radiodifusão do Ministério das Comunicações (MCom), Wilson Wellisch, a experiência será mais completa. “A TV será muito mais dinâmica e conectada à internet, fazendo, por exemplo, com que aquele modelo de canais de TV aberta em que aparece número por número, seja substituído por uma navegação por aplicativos, com muito mais possibilidades de exibição de conteúdos”, explicou.

TV 3.0 – Desde 2021, o MCom coordena, com o Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (SBTVD), o estudo desenvolvido por universidades brasileiras e parceiros da indústria e do setor de radiodifusão sobre tecnologias que serão integradas aos televisores que passarão a ser fabricados a partir de 2025. As tecnologias candidatas para a TV 3.0 foram propostas por mais de 20 organizações internacionais diferentes.

Em fevereiro de 2022, o projeto entrou na terceira e última fase, que consiste em teste complementares, pesquisa e desenvolvimento, além de padronização e demonstrações. Ao longo de 2022, foi feita a elaboração das especificações técnicas para codificação de vídeo, áudio e legendas, além do planejamento de todos os detalhes dos testes complementares e atividades que serão feitos em 2023 e 2024.

Fonte: Mcom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *